EXPEDIENTE
Levamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas revela que maioria da população brasileira é contra a candidatura do ex-juiz à presidência

Com slogan nacionalista, Moro confirma filiação no Podemos

Fonte: Por Marcelo Hailer Do CNN Brasil

Julgado e condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) como juiz “suspeito” e “parcial” nas ações movidas contra o ex-presidente Lula no âmbito da Lava Jato, Sergio Moro confirmou, por meio de suas redes, sua filiação no Podemos.

Em suas redes, o ex-juiz divulgou o convite de filiação ao partido, que vem acompanhado de uma frase nacionalista: “Juntos Podemos Construir um Brasil Justo Para Todos”.

O slogan dá pistas de que Moro deve mesmo concorrer à presidência da República. Neste momento, há especulações de que ele possa concorrer ao senado.

Com a bandeira do Brasil ao fundo, Moro dá sinais de que deve disputar os votos da extrema direita com o presidente Jair Bolsonaro que, ao que tudo indica, deve disputar a reeleição.

O ato de filiação de Sergio Moro no Podemos vai acontecer no dia 10 novembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

Pesquisa mostra Moro em terceiro no lugar na disputa presidencial

Levantamento sobre a intenção de votos à presidência da República em 2022, realizado pela Modalmais/Futura, confirma o favoritismo do ex-presidente Lula para ocupar novamente o Palácio do Planalto.

Além disso, a pesquisa revela que o pré-candidato do PDT à presidência, Ciro Gomes, apresenta tendência de queda. Nos últimos meses Gomes adotou a estratégia de atacar Lula, o PT e outros setores da esquerda, o que parece não estar rendendo frutos para quem almeja se tornar presidente.

De acordo com a pesquisa da Modalmais/Futura, que foi divulgada nesta quarta-feira (27), no 1º turno Lula tem 34,7%, o presidente Bolsonaro (sem partido) 32,1%, Sergio Moro (sem partido) aparece com 11,2%, Ciro Gomes (PDT) 9,7%, João Doria (PSDB) 2,6% e Rodrigo Pacheco (PSD) 0,5%.

Maioria da população é contra candidatura de Sergio Moro, diz pesquisa

Uma sondagem realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas publicada nesta segunda-feira (1°) revelou que 57,7% dos brasileiros não querem que Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro, seja candidato à Presidência da República na eleição de 2022.

De acordo com os dados apresentados, essa rejeição é pouco maior entre os homens (58,6%) do que entre as mulheres (56,9%) e bem mais acentuada entre cidadãos com ensino superior (63,4%), jovens de 16 a 24 anos (62,1%) e moradores do Nordeste (64,2%).

Fato que merece destaque no levantamento é que em nenhum segmento social (por idade, gênero, condição econômica, escolaridade ou região geográfica) o ex-magistrado federal recebe apoio majoritário para pôr em prática seu desejo de disputar a faixa presidencial.

Os que acreditam ser positivo o lançamento da candidatura por Moro representam no total 35,5%, enquanto os que não sabem ou não responderam somam 6,8%. A pesquisa ouviu 2.462 pessoas, por meio de chamadas telefônicas não robotizadas, em 208 municípios dos 26 estados e do Distrito Federal, entre os dias 26 e 29 de outubro. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!