CONTATO
EXPEDIENTE
Camara de Dourados

Câmara Dourados – Câmara de Dourados recebe CTG e destaca Semana Farroupilha e Dia do Gaúcho

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
Fonte: Por Markon Machado

A Câmara de Dourados recebeu, durante sessão ordinária realizada nesta segunda-feira (21), a patroa do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Querência do Sul, Rosane Elizete Pederiva, que discorreu sobre o Dia do Gaúcho e a Semana Farroupilha, comemorada anualmente entre 14 e 20 de setembro.
A patroa do CTG afirmou estar honrada e emocionada por representar o Centro e todos os gaúchos que “escolheram esta cidade para fazer seu novo rincão”. “Me sinto muito emocionada, pois, sem dúvida, a presença dos gaúchos, como de todos os demais povos que aqui se instalaram, contribuíram para que Dourados se tornasse essa cidade linda e pujante”, apontou.
Rosane ainda destacou a Lei 4315, aprovada pelos vereadores de Dourados, que cria e institui a Semana Farroupilha e o Dia do Gaúcho. “A Semana Farroupilha nos lembra da luta do povo rio grandense por liberdade, justiça e o Dia do Gaúcho nos faz persistir na força, no trabalho, na valorização da família, no fortalecimento da pátria e na fé em Deus, nosso patrão celestial”, ressaltou a patroa.
O presidente da Casa de Leis, vereador Alan Guedes (Progressistas), usou a tribuna para exaltar o trabalho dos gaúchos em Dourados e de todos os outros migrantes que vieram para o município e ajudaram a colonizá-lo. “Todos eles trouxeram parte da sua cultura. Ou seja, a cultura do ser douradense é um pouco do ser gaúcho, do ser paraguaio, do ser paulista, do ser nordestino, mas certamente muito da cultura local se diz respeito às tradições do Rio Grande do Sul, que são objeto de jubilo na Semana Farroupilha”, destacou.
Ordem do Dia
Em 2ª discussão e votação, foram aprovados, de autoria do vereador Maurício Lemes (PSB), os projetos Projeto de Lei nº 337/2019, Projeto de Lei nº 008/2020, Projeto de Lei nº 016/2020, Projeto de Lei nº 017/2020, que denominam, respectivamente, como “Rua Ary Silveira” a Rua Projetada RI, no Residencial Pelicano, como “Centro de Referência de Assistência Social – CRAS Maria Helena Macedo Marquez” o CRAS localizado no Parque do Lago II, como “Rua Nair de Souza Motta” a Rua interna B e como “Rua Oreste Honório Soley (Preto)” a Rua interna C, localizadas no Residencial Ponte Branca.
Do vereador Olavo Sul (MDB), foram aprovados os projetos de Lei nº 084/2020, que denomina como “Alceu Junior Silva Bittencourt” a Reserva Ambiental (Bosque), localizada na Rua Adelina Rigotti, e nº 090/2020, que institui e inclui no Calendário Oficial do Município o Dia da Visão, a ser comemorado anualmente no dia 11 de outubro.
Em 1ª votação e discussão, foi aprovado o projeto de Lei nº 008/2019, de autoria do vereador Bebeto (PTB), que denomina como “Ponte José Joaquim dos Anjos” a ponte de concreto localizada na região da Vila São Pedro, na travessia do Córrego Laranja Doce, conhecido como Travessão do Cemitério.
Dos vereadores Sergio Nogueira (PSDB) e Bebeto, foi aprovado o Projeto de Lei nº 011/2020, que denomina como “Travessão Baltazar Alves da Silva” o trajeto conhecido Travessão do Panambi, em toda a sua extensão, no distrito de Vila Vargas.
Também foram aprovados os projetos de Lei nº 018/2020, nº 019/2020, nº 020/2020 e nº 021/2020, de autoria do vereador Mauricio Lemes, que denominam, respectivamente, como “Rua Olivia Pavão Pussi” a Rua interna A, como “Rua Bruno Silva Balsani” a Rua interna B,como “Rua Jovino Martins Viegas” a Rua interna C, e como “Rua Jaime Garcia de Araujo” a Rua interna D, todas localizadas no Conjunto Residencial Ercília Pompeu.
Também foi aprovado o Projeto de Lei nº 089/2020, de autoria do vereador Olavo Sul, que institui e estabelece metas para o Programa Municipal “Visão Solidária: Optometria contra a cegueira evitável”, no âmbito do município.
Em única discussão e votação, foi aprovado decreto legislativo, do vereador Madson Valente (DEM), que concede Diploma de Jubileu de Ouro à Escola Estadual Presidente Getúlio Vargas, alusivo aos 50 anos de sua fundação no distrito de Vila Vargas.
Do vereador Cido Medeiros (DEM), foi aprovado decreto legislativo, que confere Título de Cidadão Douradense a Max Willian de Sales, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à comunidade.
Do vereador Alan Guedes, foi aprovado decreto legislativo que concede Título de Cidadã Benemérita a Carolina Regina Agueiro da Cruz Cantelli, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à comunidade.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
LEIA TAMBÉM!!!