EXPEDIENTE
Empreendimento será construído na área central da cidade, com investimento de R$ 6 milhões

Câmara aprova projeto para garantir construção do Mercado do Produtor de Ponta Porã

Fonte: Assessoria

Os 17 vereadores de Ponta Porã aprovaram na manhã desta terça-feira, 22 de março, um projeto de lei que autoriza o Poder Executivo Municipal a proceder a permuta de área de propriedade do Município, contendo uma área de 2 hectares localizada entre as ruas Antônio João, Jorge Roberto Salomão, 15 de Novembro e General Osório.

 

No local serão construídos o Mercado Municipal e a Feira do Produtor, espaços que vão valorizar e incentivar a produção da agricultura familiar no município. Milhares de famílias serão beneficiadas com a obra.

 

O projeto visa proporcionar ganho e renda aos pequenos produtores do município, bem como aos consumidores o acesso de alimentos saudáveis com preços mais em conta.

 

O investimento total será na ordem de R$ 6 milhões.

JULIA CARDINAL

Durante a sessão, um grupo de moradores do bairro Julia Cardinal, localizado na região sul da cidade, esteve na Câmara com faixas, denunciando as péssimas condições em que o bairro se encontra.

 

Eles solicitaram apoio dos vereadores para reivindicar, junto à Prefeitura, a realização, em caráter de urgência, de medidas que visam melhorar as condições das ruas em que trafegam diariamente.

 

Os vereadores manifestaram solidariedade e apoio aos moradores.

 

O presidente da Casa de Leis, Vanderlei Avelino, disse que será encaminhado com urgência um ofício, assinado por todos os vereadores solicitando a realização de ações que garantam melhorias para os moradores do bairro.

 

Ele agradeceu pela presença dos moradores e disse que a Casa está sempre aberta para acolher as reclamações e solicitações da população.

PROFESSORES

 

Os vereadores também aprovaram em regime de urgência especial o Projeto de Lei Complementar Nº 03/2022, que altera a Lei Complementar Nº 206, de 10 de março de 2022, que autoriza reajuste de salário dos profissionais do magistério no índice de 33,24%, a partir de janeiro de 2022.

 

TRIBUNA LIVRE

A secretária adjunta de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Eliana Aparecida Araújo Fernandes, utilizou a Tribuna Livre para informar à população sobre as novidades do ano letivo na Rede Municipal de Ensino.

 

A principal delas foi a introdução da educação em tempo integral beneficiando milhares de crianças matriculadas nas escolas municipais.

 

A modalidade está sendo adotada no CEINF Carolina Pelusch e também nas turmas de 4º e 5º anos, nas escolas municipais João Carlos Pinheiro Marques e Conceição Capiberibe Saldanha.

 

Ela disse que a educação em tempo integral beneficia comunidades que moram nos locais mais afastados da área central da cidade e que vivem em situação de maior vulnerabilidade social.

 

Com a educação integral as crianças ficam mais tempo na escola, recebendo orientação e acompanhamento de profissionais qualidades, se afastando desta forma, de situações que colocam em risco sua integridade física e intelectual.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!