Autora de fake news contra jornalista do Estadão é funcionária do gabinete de deputado do PSL-MG

Foto: Reprodução/ Facebook Fernanda de Salles Andrade

Por Revista Fórum*

A autora do texto fake news publicado neste domingo (10) no site Terça Livre, Fernanda de Salles Andrade, no qual acusa Constança Rezende, jornalista do Estadão, foi nomeada, em fevereiro, para o gabinete do deputado Bruno Engler (PSL-MG). O parlamentar foi o mais votado nas eleições de 2018, com 120.252 votos, e pertence ao Movimento Direita Minas, de acordo com informações do blog do jornalista Ruben Berta.

Berta telefonou para o gabinete do deputado Engler e falou com Fernanda.

Ela diz “não ver problemas em trabalhar para o Terça Livre e ter o cargo comissionado na Assembleia”, mas não concordou em declarar quanto ganha no gabinete.

O jornalista questionou, afirmando que se trata de dinheiro público. No entanto, ela rebateu: “E qual que é o problema disso? Você tem algo contra funcionários públicos?”. E finalizou: “Sim, você pode ficar à vontade para fazer a sua pesquisa”.

Fã dos Bolsonaro

As redes sociais de Fernanda estão repletas de fotos com os integrantes da família Bolsonaro, com Flávio, Eduardo e com o próprio presidente Jair, de 2017 e 2018.

Fernanda voltou a publicar em suas redes sociais críticas ao trabalho das agências de checagem e do jornal Estado de S.Paulo.

Embora ela não tenha divulgado quanto recebe no gabinete do deputado, por meio do site da Assembleia Legislativa de Minas é possível ter acesso aos valores que os funcionários da Casa recebem. No caso de Fernanda, o vencimento bruto é de R$ 6.543,79 + R$ 1.021,00 (auxílio transporte/alimentação).

Facebook: Comente Aqui