EXPEDIENTE
Há 15 rodadas do fim, Galo tem tudo para conquistar o título 50 anos após a 1ª Edição do Brasileirão

Atlético-MG derrota Internacional e amplia vantagem na liderança do Brasileiro

Fonte: Gazeta Esportiva

Atlético-MG conseguiu se recuperar da eliminação da Libertadores com um importante resultado. Neste sábado, o time enfrentou o Internacional no Mineirão e venceu por 1 a 0, pela 23ª rodada do Brasileirão. A vitória deixa os mineiros na liderança com 49 pontos, 11 de vantagem para o vice-líder Palmeiras, que entra em campo no domingo.

O primeiro tempo da partida foi movimentado, mas com poucas finalizações por parte das duas equipes. O Atlético-MG teve o controle da posse de bola para tentar chegar, só que não levou muito perigo ao goleiro Daniel.

Já o Inter apostou nas transições em velocidade e teve as principais chances da primeira etapa. Aos 17 minutos, Taison recuperou bola na intermediária, ligou o contra-ataque e tocou na direita para Yuri Alberto, que bateu cruzado para boa defesa de Everson. Mais tarde, aos 45, Yuri Alberto recebeu de Edenílson e finalizou da entrada da área, porém Everson defendeu novamente e manteve a igualdade no primeiro tempo.

O Atlético-MG voltou mais ligado para a etapa final e construiu jogadas para abrir o placar com Eduardo Sasha, mas Daniel impediu o gol do time mineiro. O Inter deu resposta aos 14 minutos em contra-ataque puxado por Taison, que avançou em velocidade e teve opções para tocar a bola, só que decidiu finalizar e acabou batendo fraco para Everson defender.

O técnico Cuca fez alterações para tentar melhorar a construção ofensiva do Galo e colocou em campo Keno e Savarino. As substituições surtiram efeito e os mandantes conseguiram aumentar a pressão sobre o adversário, principalmente com jogadas pela esquerda. A principal chance veio aos 29 minutos, quando Arana pegou sobra de escanteio e cruzou na primeira trave para Keno antecipar o goleiro, mas o camisa 11 acabou mandando para fora.

Os mineiros seguiram pressionando e chegaram ao gol para passar à frente aos 32. Hulk tentou lance individual pela direita, driblou Rodrigo Dourado e passou para Keno aparecer livre na área e tocar para as redes, deixando o Atlético em vantagem.

O Inter tentou criar forças para reagir e o treinador Diego Aguirre deixou a equipe mais ofensiva, mas o Galo manteve o domínio da posse de bola, não foi ameaçado e saiu de campo com os três pontos.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 1 X 0 INTERNACIONAL

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 2 de outubro de 2021, sábado
Horário: 21h00 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Cartões amarelos: Junior Alonso, Guilherme Arana, Zaracho e Nacho Fernández (Atlético-MG); Victor Cuesta e Rodrigo Dourado (Internacional)

Gols: Keno, aos 32 minutos do 2ºT (Atlético-MG)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano (Guga), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Zaracho (Dylan Borrero), Jair (Keno) e Nacho Fernández (Tchê Tchê); Hulk e Eduardo Sasha (Savarino)
Técnico: Cuca

INTERNACIONAL: Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Rodrigo Dourado (Guerrero), Edenílson, Patrick e Taison; Yuri Alberto
Técnico: Diego Aguirre

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!