EXPEDIENTE
Furacão busca título da Copa Sul-Americana mas vai mal no Brasileirão

Athletico chega a sexto jogo sem vencer no Brasileirão e preocupa para mês decisivo nas Copas

Fonte: GE

O empate sem gols do Athletico contra o Sport no domingo, na Arena da Baixada, pela 19ª rodada, aumentou a série sem vitória do time rubro-negro no Brasileirão.

Agora são uma igualdade e cinco derrotas. A oscilação acontece no mês que o Furacão tem jogos decisivos na Copa do Brasil e Sul-Americana.

Mesmo com um a mais por cerca de 30 minutos, após a expulsão de Hernanes, o Athletico não foi capaz de vencer o 18º colocado, ainda que tenha a segunda defesa menos vazada da Série A, com 14 gols sofridos em 19 jogos.

O Furacão até teve chances com Pedro Rocha e Jader, ambos duas vezes, mas foi pouco para quem vive uma sequência ruim na competição.

O time também levou sustos, e Bento fez duas boas defesas, além de uma oportunidade clara que Hernanes bateu para fora e uma bola no travessão.

António Oliveira, após o jogo, resumiu que “não foi o dia” de seus comandados.

O cenário, contudo, é maior que isso. O Athletico tem atuações estáticas e sem agressividade de forma consecutiva tanto fora e, pior, em casa.

O Athletico de António Oliveira perdeu para Atlético-MG (2 a 0, fora), São Paulo (2 a 1, casa), Cuiabá (1 a 0, fora), Corinthians (1 a 0, casa) e Palmeiras (2 a 1, fora), além de empatar com o Sport (0 a 0, casa)

O Furacão tem, em setembro, confrontos de mata-mata contra o FC Cascavel (quarta, semifinal do Paranaense), Santos (14, quartas de final da Copa do Brasil) e Peñarol (23 e 30, semifinal da sul-Americana).

Mesmo em boa situação geral nessas competições, o perigo é terminar o mês eliminado nelas e distante do G-6 do Brasileiro, que agora está a três pontos.

Pressão boa. Estamos revoltados com esse momento. Percebo nos jogadores a ansiedade para reverter essa situação.E vamos reverter. Confio muito neles — António Oliveira, em entrevista coletiva

 

O jogo

A partida começou quente e cada time teve chegou com perigo nos 10 minutos iniciais. Pedro Rocha recebeu na área, girou e chutou por cima do travessão para o Athletico, enquanto Bento fez duas defesas seguidas em chute de Tréllez e cabeçada contra de Thiago Heleno, em finalizações do Sport.

Pouco depois, o Leão desperdiçou oportunidade clara: no contra-ataque, Moccelin tocou para Hernanes, que entrou por trás da zaga e tocou rente à trave.

A resposta atleticana veio em chutes de Pedro Rocha e Abner, ambos para fora.

O duelo diminuiu o ritmo após os 20 minutos, com muitos passes para o lado e pouca agressividade. Marcinho, de falta, e Christian, no fim, tentaram e mandaram em cima de Maílson.

Logo na volta do intervalo, o Sport assustou. José Welison soltou uma pancada da intermediária que passou raspando a trave.

O Athletico apareceu no contra-ataque, com Pedro Rocha, que driblou a marcação para o meio e mandou rente ao gol, em outra grande chance do atacante.

Com 21, Hernanes levou o segundo amarelo e foi expulso. Em vantagem numérica, o Furacão passou a pressionar. Bissoli fez jogada individual e deixou Jader livre na área, que chutou fraco nas mãos de Maílson.

O time atleticano abusava dos cruzamentos, que consagram a zaga do Leão. Maílson, no fim, ainda salvou em outro chute de Jader, no ângulo, enquanto Mikael acertou o travessão e quase conseguiu a vitória improvável.

A equipe, em alguns momentos, não se ajustou e se organizou para atacar da melhor forma.
Tentamos atrair por fora e por dentro. Tivemos ocasiões para vencer e mérito do goleiro, além da nossa falta de eficácia
— António Oliveira

Com 24 pontos e na oitava colocação, o Furacão visita o América-MG no sábado, às 16h, no Independência, pela 20ª rodada da Série A.

Antes, o Athletico encara o FC Cascavel na quarta-feira, às 15h20, no Olímpico Regional, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Paranaense.

Próximos jogos do Athletico 🌪️

 

  • FC Cascavel x Athletico: 08/09, quarta, 15h20 – Olímpico Regional
  • América-MG x Athletico: 11/09, sábado, 16h – Independência
  • Santos x Athletico: 14/09, terça, 21h30 – Vila Belmiro (Copa do Brasil)
  • Athletico x Juventude: 18/09, sábado, 18h45 – Baixada
  • Peñarol x Athletico: 23/09, quinta, 21h30 – Campeón del Siglo (Sul-Americana)
  • Athletico x Grêmio: 26/09, domingo, 18h15 – Baixada
  • Athletico x Peñarol: 30/09, quinta, 21h30 – Baixada (Sul-Americana)
COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!