EXPEDIENTE
Zagueiro Marcos Rojo recebeu vermelho e complicou situação do Boca na partida

Argentino: River conta com expulsão de ex-United para vencer o Boca em clássico

Fonte: ESPN

River Plate conquistou vitória importante no clássico diante do Boca Juniors neste domingo. Pela 14ª rodada da 2ª fase do Campeonato Argentino, no Monumental de Núñez, o time da casa venceu por 2 a 1, placar que não reflete a superioridade na partida, que teve até grito de ‘olé!’ da torcida.

O Boca Juniors ficou em desvantagem numérica logo aos 15 minutos.

 

Após acertar um chute em Palavecino, o zagueiro Marcos Rojo, ex-Sporting e Manchester United, recebeu o segundo cartão amarelo e foi para o chuveiro mais cedo.

 

Aproveitando o jogador a mais, o River Plate marcou duas vezes no primeiro tempo com Álvarez.

 

O camisa 9 abriu o placar com um golaço aos 25 minutos e voltou a marcar aos 43, dando boa vantagem ao time da casa antes do intervalo.

Depois do intervalo, o River seguiu melhor na partida e ainda teve boas chances de ampliar, mas não conseguiu marcar mais gols no rival. Na melhor oportunidade da etapa final, Angileri finalizou de voleio, livre na área, e carimbou a trave de Simón.

O gol de honra saiu praticamente no último lance da partida. Aos 48 minutos, Zambrano cabeceou e Armani quase fez ótima defesa, mas não conseguiu evitar que a bola entrasse.

 

Foi bem: Julian Álvarez

O atacante Julian Álvarez foi grande nome do River Plate na partida.

 

O camisa 9 de apenas 21 anos, formado nas categorias de base do clube, marcou os dois gols do primeiro tempo e deixou o time da casa em situação tranquila para o restante da partida.

 

Foi mal: Marcos Rojo

Com passagens por Sporting e Manchester United e 61 jogos pela seleção argentina no currículo, Marcos Rojo foi decisivo na partida, porém contra o próprio time.

 

O zagueiro recebeu dois cartões amarelos em 15 minutos e deixou o Boca com um jogador a menos na maior parte do clássico.

Situação na tabela

Com a vitória, o River Plate assume a ponta do Campeonato Argentino, mas pode voltar à vice-liderança se o Talleres vencer o Defensa y Justicia nesta segunda-feira. Enquanto isso, o Boca Juniors continua com 21 pontos e fica na 9ª posição.

River Plate aproveita expulsão de ex-United e vence Boca Juniors com autoridade no clássico; VEJA melhores momentos

 

River Plate não tomou sustos e venceu o Superclássico com tranquilidade

 

Próximos jogos

 

Pela 15ª rodada, o River volta a campo no próximo sábado (9), quando visita o Banfield. Também no sábado, o Boca recebe o Lanús na Bombonera.

Ficha técnica

GOLS: Álvarez (2) (River Plate) e Zambrano (Boca Juniors)

RIVER PLATE: Armani; Casco, Rojas, Díaz e Angileri; Pérez, Simón, De La Cruz e Palavecino (Rollheiser); Álvarez (Suárez) e Romero (Carrascal) (Ponzio). Técnico: Marcelo Gallardo

BOCA JUNIORS: Rossi; Advíncula, Izquierdoz, Rojo e Fabra; Campuzano, González (Rolón), Almendra (Medina) e Cardona (Zambrano); Orsini (Vázquez) e Pavón (Molinas). Técnico: Sebastián Battaglia

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!