Após mobilização de estudantes, Curso Universitário da UFMS de Ponta Porã não será fechado

Paulinho Roberto, vereador de Ponta Porã, ao lado de Fernando Moltocaro, presidente do DAUNI, em reunião do COUN

Diante de um cenário em que a recessão e cortes na Educação que tomam conta do país nos dois últimos anos, a Reitoria da UFMS  cogitou a possibilidade de fechar alguns cursos em Mato Grosso do Sul. Um deles, era o Curso de Ciências da Computação, oferecido no Câmpus de Ponta Porã.

Segundo o Presidente do Diretório Acadêmico Unificado da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Câmpus Ponta Porã (DAUNI), Fernando Moltocaro, “Ponta Porã vem sendo ao longo dos anos alvo de uma série de ações que tiram as oportunidades de maior desenvolvimento. Desta vez uma batalha travada para suspender o curso de Ciências da computação, ou seja, não abriria turma em 2019 passivo de extinção do curso, com ato desumano, sem consultas ou justificativas plausíveis a Reitoria armou uma situação para, mais uma vez tirar de nossa fronteira oportunidades”.

Diante da situação, a  comunidade acadêmica se mobilizou e abraçou a luta pela permanência do curso, dando início a uma série de trabalhos em prol do fortalecimento do campus como um todo. Trabalhos estes que contaram com o apoio do vereador do Partido dos Trabalhadores, Paulinho Roberto.

O Presidente do DAUNI afirmou que uma manobra que possivelmente resultaria no fechamento dos cursos, a reitoria  convocou os conselhos COGRAD e COUN para deliberar a possível suspensão dos cursos, divulgada no dia 4 de setembro.
Acadêmicos, Técnicos e professores, encabeçados pelo diretório acadêmico DAUNI, uniram-se contra  a decisão e elaboraram propostas que sensibilizaram os conselheiros do COGRAD, diante da forte presença inesperada de 27 alunos, que garantiu, na deliberação do conselho em Campo Grande, a primeira vitória, o que segundo as lideranças estudantis deixou claro a força de Ponta Porã garantindo o resultado favorável a não suspensão do curso.

Sabendo da extrema relevância importância do curso para o desenvolvimento de Ponta Porã , toda imprensa do estado foi mobilizada para acompanhar a segunda e decisiva reunião do COUN. E mais uma vez, acadêmicos se deslocaram a capital com um grupo de 30 alunos, dando depoimentos e entrevistas a diversos veículos de comunicação televisiva, rádio e sites de grandes nomes, o que fortaleceu a pressão causada diante da Gigantesca Ponta Porã no conselho.

Em deliberação que ocorreu nesta quinta-feira (20), ficou decidido a não homologação da suspensão do curso de CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO. O que garante a formação  de novas  turmas para 2019.

Em nota, a diretoria do DAUNI Agradeceu especialmente aos vereadores Paulinho Roberto e Anny Espínola e ao prefeito de Ponta Porã, que viabilizaram e garantiram a presença dos acadêmicos nas duas reuniões do dia 18 (COGRAD) e 20 (COUN) de Setembro.

Na mesma nota, o DAUNI também dirige um agradecimento especial aos sites Lider News, Comunicação de Ponta, Ponta Porã Informa, Conesulnews, Jornal de Ponta, Noticias de Ponta, Campo Grande News, Top Mídias News, CBN, aos radialistas Tião Prado e Lile Corrêa e suas respectivas frequências, Líder FM MS 104,9 e Cerro Corá, a  TV Morena, a TV Campo Grande e o SBT e ao Jornal da Praça pelas coberturas das atividades.

Na última terça-feira, na tribuna da Câmara o vereador Paulinho Roberto mais uma vez enfatizou sua luta e apoio pela Educação Pública e contra o possível fechamento dos cursos. Confira:

 

 

Facebook: Comente Aqui