EXPEDIENTE
Bolsonaro realizou reunião a portas fechadas com empresários nesta quinta (11)

Após desoneração, empresários se mobilizam por PEC dos Precatórios no Senado

Fonte: Por Caio Junqueira

Após o anúncio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido)  de que irá estender a desoneração de 17 setores da economia por mais dois anos, empresários que participaram com ele da reunião no Palácio do Planalto que antecedeu o anúncio planejam uma mobilização no Senado pela aprovação da PEC dos Precatórios.

 

O motivo é que no encontro a portas fechadas Bolsonaro, segundo presentes, colocou que a desoneração seria facilitada se a PEC fosse aprovada na casa. Hoje, há resistências a ela após a sua aprovação na Câmara.

 

“Vamos falar com senadores que têm ligação com os 17 setores que serão beneficiados, que são os que mais empregam no país. Vamos acionar também prefeitos e deputados”, disse o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal, Ricardo Santin.

 

De acordo com ele, Bolsonaro pediu ajuda para a PEC na reunião da qual também participaram os ministros Paulo Guedes (Economia), Tereza Cristina (Agricultura) e outros sete empresários dos setores de call center, infraestrutura de telecomunicações, software, transportes, indústria pesada e calçados.

 

Cada um dos empresários deixou claro ao presidente que, se não houvesse a prorrogação da desoneração, o desemprego iria aumentar bem como o preço dos produtos.

 

Às vésperas de um ano eleitoral em que enfrentará uma campanha difícil segundo todas as pesquisas, Bolsonaro cedeu.

 

Disse ainda que desde a campanha eleitoral defende a desoneração, que nunca gostaria de ser patrão no Brasil em razão da carga tributária, mas que era preciso ter apoio para a aprovação da PEC.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!