EXPEDIENTE
Fato ocorreu neste início de semana

Após denúncia, Polícia Militar prende homem por ameaça com simulacro de arma de fogo

Fonte: Por Julio Augusto Justiniano de Oliveira Da PMMS

Ponta Porã (MS) – O fato ocorreu no final da manhã deste domingo (12/09), quando Policiais Militares foram acionados para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo e ameaça.

 

De acordo com o comunicante, seu irmão estaria embriagado e de posse de uma pistola 9mm efetuando disparos por cima de sua residência.

 

No local, o autor recebeu a equipe com os ânimos alterados e os policiais observaram que havia várias cápsulas de arma de fogo espalhadas pelo chão.

 

Diante do fato, os policiais solicitaram que o autor se posicionasse para a revista pessoal, no entanto, o mesmo desobedeceu a ordem emanada pelas autoridades, gesticulando e dizendo que ninguém iria prendê-lo e que era para os policiais irem embora.

 

O autor começou a empurrar os policiais e, nesse instante, foi necessário o uso de força física para contê-lo e, assim, efetuarem a revista pessoal.

 

Durante as buscas pela casa, os policiais localizaram uma arma de airsoft, preparada com tinta preta para se parecer com uma arma de fogo e, também, várias cápsulas de arma de fogo deflagradas com os calibres .40, 9mm, .38, .32 e .22. Os policiais localizaram, também, uma pequena porção de maconha com o autor.

 

De acordo com testemunhas, o autor vem perturbando a convivência entre seus irmãos e sua genitora a aproximadamente uma semana e que, a alguns dias, o mesmo correu atrás de um de seus sobrinhos com uma arma em punho para tentar agredi-lo e proferindo ameaças de morte. Em seguida, o autor efetuou vários disparos por cima da residência do comunicante, dizendo: “vou matar esse vagabundo”.

 

Após o autor ter sido detido e colocado no compartimento de presos da viatura, o mesmo ainda ameaçou o comunicante dizendo que irá matá-lo quando sair da cadeia.

 

Diante dos fatos os policiais encaminharam os envolvidos, o simulacro, as cápsulas e o entorpecente até o Primeiro Distrito Policial para os procedimentos cabíveis.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
COMENTE AGORA MESMO!