CONTATO
EXPEDIENTE
Corinthians

Após fiasco diante do Ceará, Andres confirma novo técnico no Timão

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
Fonte: Por Gazeta Esportiva

A derrota do Corinthians para o Ceará na noite deste domingo colocou o time na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O resultado fez com que o presidente Andrés Sanchez concedesse entrevista coletiva no estádio Castelão, antes da viagem de volta para São Paulo.

O mandatário admitiu que o clube deve anunciar nesta segunda-feira a contratação de Vagner Mancini, que já se despediu do Atlético-GO e vai chegar para comandar a equipe alvinegra.

Gazeta Esportiva apurou que Mancini vai receber um salário inferior ao que ganhava Tiago Nunes e terá vínculo com validade até dezembro de 2021.

“(Escolhemos) porque ele é um treinador que não é defensivo, que não é ofensivo, ele consegue mesclar. Nós olhamos os trabalhos nos últimos tempos, é um cara que conhece bastante do futebol em São Paulo e no Brasil e é por isso que estamos optando por ele. Mas é sempre os resultados, independente do nome do treinador. Infelizmente, só a vitória interessa nesse país”.

Apesar da repercussão em cima do nome do novo técnico, Andrés Sanchez cobrou os jogadores em muitos momentos da entrevista, mesmo quando não foi questionado sobre o assunto.

Veja a entrevista de Andrés Sanchez na íntegra:

Vagner Mancini
Realmente, o momento é muito difícil, estamos jogando mal desde o Paulista, não encaixou, tivemos que mudar o Tiago, não teve culpa, mas é que, infelizmente, a gente tem de tomar uma atitude e agora vamos tomar outra. Vamos trabalhar bastante, não está fechado com o Mancini ainda, mas provavelmente seja ele, amanhã vamos tentar fechar essa contratação do novo treinador, que já tem uma história, vitorioso, fez bons trabalhos, internamente tem muitas notícias do Corinthians e é um cara que acompanha futebol. Espero que ele venha e venha fortemente para mudar nossa situação. E deixar claro que, independente dos treinadores, os jogadores também têm de ter responsabilidade, temos de trabalhar todo mundo junto e todo mundo saber onde toca o calo, porque realmente na situação que está o Corinthians não pode ficar.

Reformular elenco
“Não, não dá nem tempo de reformular o elenco. Agora, óbvio que estamos abertos no mercado, chegando um novo treinador, se tiver oportunidade, vamos contratar. Mas, confiamos nos jogadores que temos. Estão num momento ruim, estão numa fase péssima, mas com certeza eles têm consciência disso para melhorar nos próximos jogos”

Planejamento para 2020
“Toda vez que o resultado não chega, o planejamento para vocês está sempre errado. Nós planejamentos, sabíamos que nosso time não era pra ser o melhor time do Brasil, mas está entre os melhores elencos do Brasil, agora precisamos melhorar, o novo treinador fazer os jogadores jogarem mais, os jogadores terem a consciência que têm que jogar mais, tem que dar um pouco mais cada um, porque a situação é ridícula. Temos 23 rodadas, mas planejamento é isso, a gente planeja, mas nem sempre dá certo. E é o que eu sempre digo, jogador bom é aquele que dá certo”

Demora para contratar técnico
“Com certeza, demorou porque falta dois meses de mandato e realmente os treinadores pensam muito em vim. Mas, nós nunca pensamos em efetivar o Coelho. Ele nos ajudou bastante, mas é o menos culpado de tudo. A culpa é minha e dos atletas. Temos de sair dessa situação. Independente do treinador, os jogadores têm de corresponder e eu também. Vamos trabalhar bastante, eu vou estar o mais próximo possível do elenco e do novo treinador para sair dessa situação”.

Tempo de vínculo
“O ideal era que ficasse o máximo tempo possível, nós queremos que ele fique o próximo mandato inteiro, mas futebol e resultado e resultado não chegando existe a cobrança, existe a mudança. È mais fácil trocar uma pessoa do que várias pessoas, e por isso no futebol brasileiro se tira o treinador para não tirar, sete, oito, dez jogadores. Realmente conversamos com alguns, o mais próximo é o Mancini e espero que amanhã a gente defina isso”.

Por que o Mancini?
“Porque ele é um treinador que não é defensivo, que não é ofensivo, ele consegue mesclar. Nós olhamos os trabalhos nos últimos tempos, é um cara que conhece bastante do futebol em São Paulo e no Brasil e é por isso que estamos optando por ele. Mas é sempre os resultados, independente do nome do treinador. Infelizmente, só a vitória interessa nesse país”

Diretoria de futebol
“Eu tenho mais dois anos de mandado, o novo presidente depois decide o que vai fazer. Nós corintianos temos de estar atentos, fazer uma energia positiva, os jogadores têm de ter ciência que têm de dar um pouco mais e com certeza temos de sair dessa situação, porque realmente ficar nessa zona de rebaixamento é muito difícil e complicado para o Corinthians”.

Currículo
Vagner Mancini é ex-jogador, tem 53 anos e nasceu em Ribeirão Preto, interior paulista. Antes de assumir o Atlético-GO, foi dirigente e técnico interino no São Paulo e comandou equipes como Atlético-MG, Vitória, Chapecoense, Botafogo, Náutico, Athletico-PR, Sport, Cruzeiro, Ceará, Guarani, Vasco, Santos, Grêmio, Al-Nasr e Paulista de Jundiaí.

O novo técnico do Corinthians tem cinco títulos na carreira: Copa do Brasil, em 2005 com o Paulista, Campeonato Baiano, em 2008 e 2016 com o Vitória, Campeonato Catarinense, em 2017 com a Chapecoense, e Campeonato Cearense, em 2011 com o Ceará.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no skype
LEIA TAMBÉM!!!