EXPEDIENTE
Após horas de indecisão, se time entraria ou não em campo por causa de salários atrasados, elenco do Rubro-Negro vai para o jogo e sofre 7 a 1 do Jacaré, que assume a vice-liderança do estadual

Altos mete 7 no Flamengo, na despedida do rubro-negro do Piauiense

Fonte: ge
  • O Flamengo-PI entrou em campo. Já rebaixado, o Rubro-Negro tinha a chance de perder por WO, após jogadores ameaçarem não atuar por conta de atrasos salariais. Após horas de indefinição, o time chegou ao estádio a menos de 20 minutos da bola rolar, entrou sem aquecer e pegou o Altos, em duelo da sétima rodada do Campeonato Piauiense, no Lindolfo Monteiro, em Teresina. Debaixo de uma forte chuva, o Altos goleou sem nenhuma dificuldade o Leão, por 7 a 1. Gols de Manoel (3), Tibiri (2), Lucas Souza e Netinho. João Vitor, com ajuda da poça de lama no gramado, descontou.

  • ALTOS ASSUME A VICE-LIDERANÇA

    Com a vitória por 7 a 1, o Altos assumiu a vice-liderança do Campeonato Piauiense. A equipe recém-eliminada da Copa do Nordeste e classificada para a terceira fase da Copa do Brasil, teve contra o Flamengo-PI o primeiro dos três duelos do estadual nesta semana para compensar os jogos atrasados. Na sexta, o Altos enfrenta o Parnahyba, às 20h, no litoral do Piauí. Na próxima segunda-feira, no Lindolfo Monteiro, o Alviverde recebe o 4 de Julho.

    Agora com 21 pontos, o Jacaré tirou o Colorado da segunda colocação. O Fluminense-PI é líder com 26 pontos, classificado com antecedência para as semifinais. O 4 de Julho é 3º, também com 21 pontos, mas com saldo de gols menor que o Altos. O River-PI fecha o G-4, com 18 pontos, a zona de classificação às semifinais do Piauiense.

  • FLA-PI CHEGA A MENOS DE 20 MINUTOS DA PARTIDA COMEÇAR

    Os jogadores do Flamengo-PI haviam dito que só iriam entrar em campo com os salários pagos integralmente. Eles não treinaram para o jogo, em sinal de protesto. A diretoria do clube, por outro lado, nega o atraso nesses pagamentos. Enquanto o Altos se preparava para entrar no campo, junto com a arbitragem, o ônibus com o elenco chegou ao Lindolfo Monteiro. Sem uniformes, os atletas foram para os vestiários. Lá, eles se reuniram.

    Por algum momento, os jogadores falaram que não iriam atuar. Depois, voltaram atrás e entraram, sem o tradicional aquecimento. Caso tivesse tido o WO, o Flamengo-PI iria levar multa de R$ 10 mil e não poderia jogar por dois anos as competições profissionais da FFP, a Federação de Futebol do Piauí.

  • 33 GOLS SOFRIDOS EM 11 JOGOS

    O Flamengo-PI só somou um ponto no campeonato, no empate por 0 a 0 com o 4 de Julho, na primeira rodada do estadual. Depois, foram 11 derrotas seguidas e três técnicos no comando. Contra o Altos, o time sofreu o 33º gol no estadual. O Fla-PI foi rebaixado com três rodadas de antecedência. A crise tem ainda uma investigação em curso: a diretoria denunciou à Polícia Civil um suposto esquema de fraude de resultados. O inquérito está em andamento, com mais de 15 pessoas ouvidas.

  • E AGORA?

    O Flamengo-PI faz mais dois jogos no estadual. No próximo domingo, o time pega o Corisabbá, em Floriano, às 15h45, no Tibério Nunes. O Rubro-Negro ainda joga contra o Altos, pela última rodada da fase de classificação.

  • O JOGO

    Altos conduziu a partida em ritmo de treino, sem forçar muito e vendo o rival limitado – os gols saíram depois da metade do primeiro tempo. Em seis minutos, o Jacaré fez 3 a 0: aos 28, com Tibiri; aos 31, com Manoel; e aos 34, com Lucas Souza. Na volta do intervalo, com uma forte chuva, o jogo travou mais, com o campo alagado por poças de lama. Aos 10, Tibiri marcou um golaço, em chutaço de fora da área. De pênalti, Manoel fez o segundo dele. João Vitor descontou para o Flamengo-PI. Netinho e Manoel, com seu hat-trick, fecharam a conta. O Altos mandou duas bolas na trave e teve três gols anulados.

COMPARTILHE AGORA MESMO!
COMENTE AGORA MESMO!