Tite convoca os 23 que representarão o Brasil na Copa do Mundo da Russia

Via Gazeta Esportiva*

 

Acabou o suspense. No início da tarde desta segunda-feira, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o técnico Tite divulgou os 23 jogadores que defenderão o Brasil na Copa do Mundo da Rússia. Entre eles, estão o lateral direito Fagner, concorrente à vaga de titular aberta por Daniel Alves, e o goleiro Cássio, o zagueiro Geromel, o meio-campista Fred e o atacante Taison, que enfrentavam maior concorrência para figurar na relação.

Outros dos convocados já eram conhecidos, por estar constantemente nas listas do treinador, que gostava de elogiá-los em público e de projetar o Brasil com eles no Mundial. Foram os casos do goleiro Alisson, do lateral esquerdo Marcelo, dos zagueiros Miranda, Marquinhos e Thiago Silva, dos volantes Casemiro, Fernandinho e Paulinho, dos meias Renato Augusto, Philippe Coutinho e Willian e dos atacantes Neymar, Gabriel Jesus e Roberto Firmino.

A contagem dos garantidos na missão de buscar o hexacampeonato mundial seria maior se o lateral direito Daniel Alves não tivesse contundido o joelho direito na decisão da Copa da França. Homem de confiança de Tite, o jogador do Paris Saint-Germain passou a correr o risco de ser submetido a uma cirurgia às vésperas do torneio da Fifa e acabou vetado pelo departamento médico da CBF.

A lateral direita já havia causado preocupação em Tite por causa de Fagner, que lesionou a coxa direita a serviço do Corinthians recentemente, mas estará reabilitado a tempo de participar da Copa do Mundo. Além dele, o Brasil terá Danilo, do Manchester City, como alternativa para suprir a baixa de Daniel Alves.

Para o outro lado do campo, Tite já havia ficado apreensivo com a lesão de Filipe Luís, recém-recuperado de uma cirurgia para correção de fratura na fíbula da perna esquerda. O atleta voltou a defender o Atlético de Madrid em 6 de maio e ganhou fôlego para vencer a disputa que travava com Alex Sandro, da Juventus, para ser o reserva de Marcelo na Rússia.

Completando a sua defesa, a Seleção Brasileira terá Cássio, do Corinthians, como terceiro goleiro, fazendo companhia a Alisson e Ederson. Na zaga, o gremista Geromel, mesmo tendo sido convocado menos vezes do que Rodrigo Caio, do São Paulo, e Gil, do chinês Shandong Luneng, foi o escolhido para fazer sombra a Miranda, Thiago Silva e Marquinhos.

Facebook: Comente Aqui